gestão educacional

Conheça os principais desafios da gestão educacional no ensino superior

gestão educacional, bem como o próprio ensino superior, tem passado por grandes mudanças nos últimos anos. Trata-se de novas modalidades de ensino, entrada da tecnologia na sala de aula, necessidade de tornar o aprendizado mais dinâmico e atrativo, entre outros.

Diante disso, surgem novos desafios a serem superados pelas instituições de ensino. Para ajudar os gestores a se preparar e superar tais dificuldades, confira aqui os principais obstáculos e saiba o que pode ser feito para tornar a educação no ensino superior mais interessante e personalizável para os alunos.

Engajamento de alunos

Um dos grandes problemas enfrentados no ensino superior brasileiro é a falta de motivação dos alunos. Durante o curso, eles acabam perdendo o interesse em estudar, o que acaba refletindo negativamente na sua absorção de conteúdo e notas.

Como consequência, aumenta a evasão no ensino superior e diminui a taxa de retenção de alunos.

Para evitar esses prejuízos, a gestão educacional das instituições de ensino e os professores precisam ficar atentos e pensar em novas maneiras de engajar os estudantes em classe. Seja como uma abordagem diferente do assunto, conteúdos multimídia ou investir em tecnologias aliadas à educação.

Leia tambémComo manter a atenção dos alunos com a ajuda de estímulos visuais

Novos modelos de aprendizagem

Atualmente, existem diferentes modos de cursar o ensino superior: o ensino a distância, presencial e o semi-presencial. Cada um deles oferece uma forma completamente distinta de ensinar, permitindo que cada aluno escolha a modalidade que melhor se adapta às suas necessidades.

Uma boa universidade precisa disponibilizar diferentes modelos de aprendizagem para permitir que seus estudantes tenham uma maior liberdade em escolher um método. Caso o contrário, poderão migrar para outra instituição de ensino.

Leitura recomendadaSaiba tudo sobre avaliação do MEC e como preparar sua instituição de ensino superior

Gestão educacional com base em dados

Toda empresa emite dados e, com as instituições de ensino superior, não seria diferente. Existem diversas informações que não são aproveitadas pela gestão educacional, mas que poderiam trazer insights importantes sobre o que deve ser feito para melhorar a instituição.

É importante não apenas coletar esses dados, mas saber analisá-los e monitorá-los periodicamente, a fim de que sejam melhor utilizados para o desenvolvimento da universidade, dos professores e alunos. Tanto para melhorar a aprendizagem, como fornecer uma infraestrutura de melhor qualidade ou até otimizar a gestão financeira.

Atenção a tendências na área

Além das diferentes modalidades de ensino, novas ferramentas para a área de educação são divulgadas. E uma instituição de ensino que tem uma boa gestão educacional precisa estar sempre atualizada e buscando implementar essas novidades.

Entre elas, estão inteligência artificialgamificação, realidade virtual e aumentadamachine learning e muitas outras aplicações, como as bibliotecas digitais.

Essas plataformas reúnem grandes acervos de livros de diversas áreas do conhecimento para auxiliar os alunos no acesso a conteúdos para estudos, trabalhos, pesquisas e até realização de artigos acadêmicos. Além disso, a biblioteca virtual traz a facilidade de poder estudar quando e onde quiser.

Preparo dos professores

Não é apenas a universidade que precisa de modernização. Os professores também precisam estar atentos ao modo com que as novas gerações querem estudar e, assim, descobrir maneiras de tornar o ensino mais dinâmico e tecnológico.

O uso de celulares e computadores para o estudo já se tornou realidade e o corpo docente, bem como a gestão educacional, pode se utilizar disso para trazer os conteúdos estudados em classe mais próximos da realidade do estudante.

Como superar os desafios da gestão educacional?

Depois de conhecer todos os desafios enfrentados atualmente pelo ensino superior, sua instituição está mais preparada para superar esses obstáculos e se tornar referência em ensino.

Para isso, uma das principais ações a tomar o quanto antes é investir em tecnologias e soluções que agregam no dia a dia dos alunos, docentes e equipe pedagógica como um todo.

Assim, é possível melhorar o engajamento dos estudantes, aperfeiçoar a gestão de dados, introduzir novos modelos de ensino, ficar atento às novas tendências e garantir a inserção dos professores nesta realidade.

Uma dessas soluções para melhorar a sua gestão educacional é investir em uma biblioteca digital. A Minha Biblioteca possui um acervo multidisciplinar com mais de 7 mil títulos acadêmicos, acesso simultâneo, a qualquer hora e de qualquer lugar. Só é necessário ter um dispositivo conectado à internet.

Para os alunos, a plataforma possui funcionalidades que ajudam nos estudos, como realce de cor, anotações, marcação de página e pesquisa de palavra-chave. Já os professores podem fazer planos de aulas e indicar obras diretamente da ferramenta.

Portanto, a instituição de ensino se beneficia ao introduzir mais tecnologia em sala de aula, melhorar a qualidade da educação e consegue aumentar a retenção de alunos.

Ficou interessado? Entre em contato conosco e saiba como transformar sua instituição!

Baixe agora nosso eBook e saiba como montar um plano de aula do ensino superior atrelado às novas tecnologias!

Leave a comment

um × quatro =