evasão no ensino superior

Como os cursos semipresenciais ajudam a reduzir a evasão no ensino superior

evasão no ensino superior é um dos temas que mais preocupam os responsáveis pelas instituições de ensino no Brasil. Dados do Censo da Educação Superior divulgados recentemente mostram que 56,8% dos universitários que começaram o curso em 2010 desistiram antes da conclusão.

O levantamento revela ainda que, nos últimos anos, em média, só um terço dos alunos terminaram o curso “na época certa”. Ou seja, no número de semestres previstos.

Diversos são os fatores que levam à evasão no ensino superior, como a crise econômica, a desmotivação para os estudos e a falta de perspectiva profissional. Neste contexto, os cursos semipresenciais despontam como uma alternativa para modificar a situação atual.

O que são cursos semipresenciais?

Os cursos semipresenciais podem ser considerados uma modalidade intermediária entre o presencial e o ensino a distância (EAD).

A ideia é unir o que há de positivo nos dois tipos de ensino:

  • Proximidade entre alunos e professores e colegas de sala de aula

O modelo semipresencial exige um maior comparecimento do aluno ao polo ou campus da instituição de ensino. O que gera maior vínculo afetivo e relacionamento com os demais integrantes da vida acadêmica.

  • Flexibilidade de horário e locais para estudo

Este tipo de ensino consegue proporcionar a otimização do tempo de estudo. Os conteúdos e as atividades do ambiente virtual de aprendizagem são encadeados de acordo com as aulas presenciais apresentadas pelos professores.

Com o vínculo entre aluno e docente e a facilidade de estudo, o curso semipresencial consegue engajar o estudante ao longo da trajetória na instituição. Assim, é possível mantê-lo até o fim do curso.

Leia tambémEntenda o mapa do ensino superior no Brasil e como atrair os jovens à graduação

Vantagens do curso semipresencial para diminuir a evasão no ensino superior

Com o modelo semipresencial, os gestores encontram vantagens importantes para aumentar a taxa de conclusão de curso. O que é fundamental para evitar a evasão no ensino superior. Veja os principais aspectos positivos:

Inclusão – o primeiro benefício é a inclusão proporcionada por esta modalidade de ensino. Afinal, as pessoas que moram longe de centros urbanos com campus de universidades, mas que possuem acesso à internet, têm a oportunidade de concluir a graduação.

Flexibilidade – com as aulas disponíveis no ambiente virtual de aprendizagem, cabe ao aluno escolher o melhor horário para realizar as atividades e os exercícios propostos.

Autonomia – ao mesmo tempo em que requer disciplina, o ensino a distância concede autonomia. Esse modelo incentiva o estudo e a pesquisa de forma independente, fortalecendo o aprendizado e otimizando a comunicação.

Conteúdo – na modalidade semipresencial, os conteúdos apresentados são mais dinâmicos, interativos e aplicados no seu dia a dia. O que prende o interesse dos alunos.

Custo-benefício – estudar online reduz os custos com transporte, alimentação e materiais. A opção pela modalidade semipresencial ajuda também a reduzir a evasão no ensino superior, porque diminui os gastos no orçamento.

Leia também: Como superar os desafios da evasão no ensino superior

Quais são os desafios do modelo semipresencial?

No entanto, não são só qualidades que existem nos cursos semipresenciais. Entre as dificuldades encontradas, estão:

Desmotivação – a falta de interesse é um dos principais motivos que levam à evasão no ensino superior. Sem perspectiva de avanço, o aluno tende a deixar o curso antes da conclusão. Para evitar isso, é importante sempre engajar os estudantes e proporcionar aulas mais atrativas.

Contextualização do conteúdo – a maioria dos alunos que opta pelo curso semipresencial está em busca de conhecimento. Por isso, é importante que haja exemplos e exercícios práticos na composição das aulas. Caso contrário, ocorre a desistência.

Falta de tempo – mesmo com a flexibilidade da jornada de aulas, alguns estudantes ainda encontram dificuldades para adaptar a rotina aos estudos.

Leia também: Era digital: 5 desafios de usar a tecnologia na educação

Tecnologia como importante aliada

A facilidade de acesso à internet promoveu o crescimento do ensino a distância e deu fôlego aos cursos semipresenciais. Além de proporcionar a inclusão de pessoas que não tinham acesso à educação, o avanço da tecnologia também oferece ferramentas que ajudam no combate à evasão no ensino superior.

Minha Biblioteca, por exemplo, é uma biblioteca digital, que oferece mais de 7 mil títulos acadêmicos de diversas áreas acadêmicas para pesquisa em qualquer lugar e horário.

Com a praticidade de ser acessada em qualquer dispositivo conectado à internet, a Minha Biblioteca disponibiliza diversas funcionalidades ao aluno, como:

  • Busca por palavra-chave;
  • Marcador de página;
  • Realces de cor;
  • Anotação em tempo real.

Quer conhecer todos os recursos da ferramenta para ajudar a diminuir a evasão no ensino superior? Entre em contato conosco e solicite um trial.

Leave a comment

catorze − 4 =