como manter a atenção dos alunos

Como manter a atenção dos alunos com a ajuda de estímulos visuais

era digital consiste em um grande desafio para os professores do ensino superior. Com o fácil acesso à internet e aos smartphones, a maioria dos estudantes têm em mãos um mundo de informações e aplicativos. Então, a pergunta que fica é: como manter a atenção dos alunos para os conteúdos apresentados na aula?

Uma vez que 90% das informações chegam ao cérebro através da visão, trabalhar com estímulos visuais é um dos melhores caminhos a serem adotados.

Neste texto, você verá como o uso de imagens pode fortalecer o vínculo entre alunos e professores em sala de aula e melhorar a retenção do conhecimento.

Leia tambémPanorama das instituições de ensino superior no Brasil: evoluções e melhorias

O desafio de manter a atenção dos alunos

A popularização da tecnologia é considerada um avanço para a educação. Isso porque muitas foram as ferramentas desenvolvidas para fortalecer o trabalho do professor em sala de aula.

No entanto, a mesma tecnologia, às vezes, pode atrapalhar o andamento das atividades. Afinal, muitas vezes, os alunos utilizam seus smartphones em horários inapropriados.

Logo, o primeiro passo é saber usar o celular como aliado em sala de aula. O aparelho pode e deve ser utilizado como ferramenta para facilitar o aprendizado.

Leia também: Tecnologia em sala de aula: o uso do celular na aprendizagem

Importância dos estímulos visuais no ensino

Além de aprender a utilizar o celular a favor do ensino, os professores devem usar estratégias para garantir a concentração dos estudantes na matéria.

Por esta razão, os estímulos visuais são tão importantes em sala de aula e ajudam a atrair e manter a atenção dos alunos. Essas percepções visuais despertam o interesse e a curiosidade, facilitando a assimilação dos conteúdos e retenção do conhecimento.

Portanto, estímulos como imagens, vídeos, mapas, ilustrações e gráficos são imprescindíveis no processo de aprendizagem e o professor deve ter isto em mente ao elaborar o seu plano de aula.

O uso de todas estas práticas otimiza o aprendizado e ajuda na memorização do conteúdo. Além disso, a repetição da apresentação de imagens e outros estímulos é importante para que o cérebro fixe o conteúdo.

Como manter a atenção dos alunos e facilitar o aprendizado

A palavra-chave do aprendizado é a retenção de informações. Para isso, é preciso promover três aspectos essenciais: a visualização, a repetição e a retomada.

  • Visualização: envolve o aprendizado do conteúdo por meio de diferentes estímulos, incluindo o visual;
  • Repetição: se trata de estudos, exercícios e outras práticas para memorizar e fixar o conteúdo;
  • Retomada: é impulsionada durante provas e avaliações, nas quais, o aluno busca recuperar o conteúdo guardado na memória.

Cada vez que o cérebro busca uma informação, é possível fixar mais o repertório construído e reduzir as chances de esquecer o tema.

5 dicas para usar estímulos visuais em sala de aula

Para ajudar os professores a usar melhor os estímulos visuais e impactar os estudantes universitários, listamos 5 dicas importantes. Confira:

Cores – as imagens coloridas retêm a atenção humana por mais de dois segundos. Já as em preto e branco prendem a atenção por apenas dois terços de um segundo;

Organização – a apresentação das imagens facilita a organização de ideias complexas;

Formas concretas – as imagens com pessoas, lugares e objetos comunicam melhor do que linhas ou formas abstratas;

Novos olhares – as fotos, imagens ou vídeos que apresentem informações já conhecidas ao lado de informações novas facilitam as conexões;

Foco – os estímulos visuais e as imagens precisam ter qualidade e foco. As imagens desfocadas ou com pouca definição causam desconforto e desinteresse do estudante.

Leia tambémMotivação e aprendizagem: como professores universitários podem envolver os alunos

Como as novas tecnologias facilitam o ensino

Além dos estímulos visuais, as tecnologias são instrumentos facilitadores da educação. Diversas ferramentas ajudam professores a manter a atenção dos alunos, como a biblioteca digital.

Minha Biblioteca, por exemplo, é uma plataforma online que reúne mais de 7 mil títulos acadêmicos e proporciona praticidade e agilidade de acesso a professores e alunos.

Com o diferencial de disponibilizar o conteúdo a qualquer hora e em qualquer local, a Minha Biblioteca também facilita o trabalho do professor no momento de elaborar o plano de aula.

Se a sua instituição de ensino ainda não utiliza a Minha Biblioteca, solicite ao responsável pela aquisição do acervo que entre em contato conosco e descubra todas as funcionalidades da ferramenta.

Baixe agora nosso eBook e saiba como montar um plano de aula do ensino superior atrelado às novas tecnologias!

Leave a comment

7 + 3 =