ensino superior no brasil

Conheça os principais desafios do ensino superior no Brasil

Assim como toda a educação, o ensino superior no Brasil enfrenta inúmeras dificuldades. Mas, apesar dos muitos desafios que precisam ser encarados, há novos caminhos traçados pelas instituições de ensino país afora para melhorar esta situação.

No 21º Fórum Nacional do Ensino Superior, realizado em setembro, em São Paulo, esses obstáculos do ensino superior no Brasil foram discutidos com o objetivo de iniciar mudanças na atual estrutura. Entre os principais temas abordados e vistos como prioridades para melhorar a educação, estão:

  • Educação 4.0: tecnologia e educação na sociedade atual;
  • Necessidade de novos modelos educativos;
  • Importância dos gestores educacionais;
  • Cultura de aprendizagem.

A seguir, vamos falar sobre esses temas. Continue a leitura!

Leia também: Educação e tecnologia: saiba tudo sobre a implantação do diploma digital no ensino superior

Formação de novos gestores

A primeira grande alteração na forma de pensar a educação e, consequentemente, o ensino superior no Brasil está na busca pela formação de novos líderes para gestão educacional. Entre suas habilidades, é preciso cada vez mais fomentar a capacidade estratégica dos alunos com ênfase na visão humanista.

Métodos de avaliação no ensino superior no Brasil

Outro ponto latente está relacionado aos métodos de avaliação. É necessário repensá-los! Atualmente, nos cursos universitários, é preciso aplicar em sala de aula os problemas da vida real.

Ou seja, os alunos devem ter contato com as situações do mercado de trabalho e do cotidiano no geral. Incentivar a autoavaliação também é muito bem-vindo.

Aluno como protagonista 

Uma questão central diz respeito à transformação da relação aluno x professor. Um dos maiores desafios do ensino superior no Brasil é transformar o estudante no protagonista do seu próprio aprendizado, mostrando a ele o quê, quando e como estudar.

A personalização do processo de aprendizagem deve ser uma busca constante da instituição de ensino. Cada aluno tem o seu próprio ritmo e cabe ao professor identificar a melhor maneira de compartilhar o conhecimento.

Além disso, a instituição de ensino superior precisa mudar a estratégia atual para ser atrativa e convidativa aos alunos. A concorrência fora da sala de aula exige transformações para manter o estudante atento ao conteúdo apresentado.

Uma das ações possíveis é inserir as tecnologicas para alcançar o modelo de educação do futuro, como veremos abaixo.

Leia tambémMotivação e aprendizagem: como professores universitários podem envolver os alunos

Tecnologia presente na sala de aula

Os responsáveis pelas instituições de ensino não precisam ser especialistas. Mas têm o dever de estar a par das novas tecnologias e de como elas podem ser utilizadas em sala de aula.

A cada dia cresce, o número de instituições de ensino que utilizam inovações educacionais, como:

Assim, é possível tornar as aulas e o aprendizado mais dinâmicos e atrativos ao público estudantil.

Sem contar que a inteligência artificial também ajuda no combate à evasão no ensino superior. Algumas instituições utilizam a análise preditiva de dados históricos, algoritmos estatísticos e técnicas de machine learning para identificar a probabilidade de resultados futuros.

Esta análise revelou a probabilidade de desistência de cada aluno, o que permite uma intervenção mais direcionada e eficaz por parte da instituição de ensino para entender a situação desses estudantes e engajá-los novamente.

Vale lembrar que a inovação leva tempo e as instituições de ensino superior precisam investir em estratégias e ferramentas para atingir essa transformação na educação.

Minha Biblioteca como aliada

Com o objetivo de enfrentar os desafios do ensino superior no Brasil, as bibliotecas virtuais despontam como instrumentos que facilitam a vida de alunos, professores e instituições.

O investimento em uma biblioteca digital é fundamental para uma instituição de ensino superior que deseja inovar, reter alunos, melhorar a avaliação junto ao Ministério da Educação (MEC) e otimizar o planejamento de aulas dos professores.

Com mais de 7 mil títulos acadêmicos, a Minha Biblioteca proporciona todos esses benefícios para as IES e ainda oferece diversas funcionalidades para potencializar o aprendizado dos alunos, como:

  • Busca por palavra-chave;
  • Realce de cor;
  • Anotação de trechos dos livros;
  • Marcador de página;
  • Modo revisão;
  • Leitura em voz alta e muito mais.

Além disso, a plataforma possui acessos simultâneos, diminuindo as filas de espera em bibliotecas físicas. Tudo isso com a praticidade e flexibilidade de consultar os livros de qualquer lugar e a qualquer hora, a partir de qualquer dispositivo conectado à internet.

A sua instituição de ensino ainda não conta com a Minha Biblioteca? Entre em contato conosco, solicite o seu trial e veja como a biblioteca virtual é importante para enfrentar os desafios do ensino superior no Brasil.

Leave a comment

dezoito − 4 =