Blog

Impactos da tecnologia no ensino superior

Tecnologia na educação: veja os impactos da inovação no ensino superior

O termo inovação está em alta na atualidade. Diversos setores da economia, como indústria, comércio e serviços buscam no conceito ideias e ações para entregarem melhores resultados. E, no setor educacional, isto não é diferente. A tecnologia na educação desponta como ferramenta usada para melhorar as práticas em sala de aula e facilitar a troca de conhecimentos.

Para entender o impacto da inovação, a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) lançou o estudo “Measuring Innovation in Education 2019” (“Medindo a Inovação na Educação”). Nele, foram analisadas nada menos do que 150 práticas educacionais mostrando como as novas tecnologias influenciam a construção do aprendizado.

No geral, o trabalho das instituições de ensino superior consiste em buscar maneiras de desenvolver as habilidades que os estudantes precisarão para desempenhar suas funções no futuro. E a inovação surge como aliada neste processo educacional.

Leia tambémTecnologia e educação: veja as novidades que já estão no ensino superior

Baixe agora nosso infográfico e saiba como reduzir custos com a biblioteca digital!

Mas o que é a inovação na educação?

Para a OCDE, o significado da tecnologia na educação é o seguinte:

“Inovação está relacionada à adoção de novos serviços, tecnologias, processos e competências por instituições de ensino que levem à melhora da aprendizagem, equidade e eficiência.”

Neste cenário, a inovação vem proporcionando grandes mudanças no ensino superior. Uma delas é que a aquisição do conhecimento agora passou também a ser independente e ativa. E não depende apenas do que é transmitido em sala de aula.

Com o acesso à internet facilitado, seja no computador pessoal ou no smartphone, o estudante pode buscar informações em tempo real. O que ajuda o universitário a ampliar as discussões dentro da sala de aula.

Ainda segundo o estudo da OCDE, os países avaliados que mudaram suas práticas com base na tecnologia na educação atingiram objetivos importantes. Afinal, melhoraram os resultados acadêmicos e aumentaram o nível de satisfação dos estudantes nas instituições de ensino.

Leia também5 maneiras de conectar as novas tecnologias a uma proposta educacional

Tecnologia na educação: o que impulsiona a inovação?

Apesar dos benefícios de investir na tecnologia na educação, é importante entender como fazer isso. O levantamento da OCDE, por exemplo, aponta 6 fatores que ajudam a impulsionar a inovação e facilitam o processo de aprendizado. Conheça:

1) Recursos humanos: os reitores, professores e outros profissionais do ensino superior precisam estar abertos às habilidades para inovação;

2) Organização de aprendizagem: as organizações devem ter a capacidade de gerar conhecimento e aprimorar práticas;

3) Tecnologia: as instituições e os profissionais precisam valorizar a introdução de tecnologia na educação, principalmente o Big Data e o machine learning;

4) Regulação do sistema: a inovação precisa de ambientes abertos a mudanças. Não se pode ter diretrizes limitantes;

5) Pesquisa educacional: investir em pesquisa e avaliação é fundamental para o sucesso do ecossistema da inovação no ensino superior;

6) Desenvolvimento educacional: a educação precisa buscar ferramentas inovadoras e processos melhores para mudar suas práticas.

Leia tambémVeja as tendências, desafios e desenvolvimentos essenciais para o ensino superior

Como as TICs podem transformar a educação

As tecnologias da informação e da comunicação (TICs) são um conjunto de recursos tecnológicos, que devem ser usados de forma integrada. Por isso, são fundamentais no processo de inovação da área educacional.

Importantes agentes para a prática do ensino e da aprendizagem, as TICs estão, principalmente, relacionadas com a educação a distância. Essas tecnologias potencializam o processo de construção do conhecimento.

Isso porque a criação de ambientes virtuais facilita diversos aspectos. Por exemplo: o contato, o relacionamento e a troca de informações e experiências entre estudantes e professores.

Os novos recursos permitem que professores e tutores realizem trabalhos em grupos, debates, fóruns e outras atividades. O que possibilita tornar a aprendizagem mais significativa.

Qual a importância de bibliotecas digitais no ensino superior?

Neste contexto de inovação, as bibliotecas digitais aparecem como ferramentas viáveis e inclusivas para o ensino superior. Ou seja, ajudam a proporcionar a inovação e levar a sua instituição para a era digital.

Plataformas digitais, como a Minha Biblioteca, são soluções que integram tecnologia e educação. Trata-se de uma plataforma digital de livros com um acervo de mais de 8 mil títulos técnicos e científicos das mais variadas áreas do conhecimento.

Além disso, a Minha Biblioteca oferece funcionalidades que facilitam os estudos como realces de cor, anotações, marcadores de páginas, busca dinâmica e outros. Isso sem contar com o acesso rápido a partir de qualquer dispositivo com conexão à internet. Com isso, você pode entrar na plataforma a qualquer hora e lugar.

Quer conhecer melhor o funcionamento da Minha Biblioteca? Acesse nosso site e solicite um trial gratuito agora mesmo.

Chegou a hora de testar a Minha Biblioteca na prática. Solicite seu trial!