tecnologia na educação

Como usar a tecnologia na educação. Ajude nos estudos e pesquisas dos seus alunos.

Um dos principais desafios dos professores na atualidade é como utilizar a tecnologia na educação de forma que os alunos mantenham a atenção no conteúdo apresentado.

Antes de entender os benefícios que a tecnologia na educação proporciona é preciso refletir sobre alguns aspectos:

  • Que tipos de aparelhos tecnológicos os alunos mais usam fora da sala de aula?
  • Quais são os programas e aplicativos mais utilizados por eles, tanto para atividades relacionadas à instituição de ensino quanto para seu próprio entretenimento?
  • Qual é a familiaridade de cada um com os diferentes tipos de recursos disponíveis no mercado?
  • De que tipo de informação ou conhecimento do uso da tecnologia os alunos mais podem precisar em suas futuras vidas profissionais?
  • O que eles gostariam de aprender ou dominar quando o assunto é tecnologia?

São as respostas para estes questionamentos que ajudarão os professores a introduzirem a tecnologia na educação de uma maneira que todos saiam ganhando.

Tecnologia na educação: as demandas que vem de fora da sala de aula

Entender as demandas e familiaridades dos alunos com as ferramentas tecnológicas é o primeiro passo para o professor que busca implementar este tipo de modalidade em suas aulas.

Os chamados nativos digitais – jovens que nasceram inseridos no contexto tecnológico – esperam encontrar nas instituições de ensino ferramentas com as quais já estão acostumados fora da sala de aula.

A geração altamente conectada deseja ter nos estudos aquilo que gostam, e principalmente, o que conhecem. É preciso conectar a realidade vivenciada no dia a dia com o que é transmitido pelo professor em sala de aula. Esta conexão permitirá o maior envolvimento e engajamento dos alunos com os docentes.

É importante frisar que os celulares já fazem parte da vida dos estudantes. De acordo com o estudo KPCB, Internet Trends 2015 – Code Conference, 91% das pessoas consultam seu smartphone na busca por ideias enquanto concluem uma tarefa. Ou seja, os aparelhos podem contribuir para estimular o hábito da leitura, pois os conteúdos estão disponíveis na palma da mão.

Como a tecnologia na educação vem transformando o processo de aprendizagem

O uso da tecnologia na educação vem crescendo no ensino superior e ganhando cada vez mais relevância. Diversos são os exemplos que já fazem parte do cotidiano dos estudantes, como:

Gamificação: o conceito da gamificação usa padrões de jogos para motivar e reforçar o aprendizado. A técnica busca aumentar o engajamento despertando a curiosidade dos alunos por meio de desafios. É preciso que haja recompensas imprescindíveis.

Ambiente virtual: o espaço interativo promove o conhecimento por meio de conteúdos otimizados que proporcionam um avanço no ensino a distância e contam com ferramentas de avaliação da aprendizagem.

Inteligência artificial: viabiliza a personalização do processo de aprendizagem com a tecnologia na educação e o uso de algoritmos que trazem soluções para problemas reais.

Redes sociais: as ferramentas das plataformas de mídia social podem ser usadas para conectar os estudantes com a instituição. Usar o recurso de eventos para lembrar datas importantes como provas ou seminários é uma boa estratégia.

Outras ações que incentivam o uso da tecnologia na educação

O professor pode usar diversas ferramentas em sala de aula para fomentar a utilização da tecnologia na educação, como:

Chats para resolução de dúvidas: o aluno não precisa expor sua dúvida para a classe inteira. O estudante pode usar este recurso para esclarecer um tema que não ficou claro em sala de aula.

Enquetes para definir pontos de interesse: as redes sociais podem ser usadas para definir os temas das próximas apresentações e caso haja necessidade, o professor pode alterar seu planejamento de aula.

 Conteúdo extra: o tempo em sala de aula, às vezes, não permite que o professor compartilhe informações extras como fotos e vídeos, infográficos, links para notícias e artigos online, ou até mesmo exercícios para praticar a matéria. Por isso, os grupos em aplicativos servem como instrumento para compartilhamento de informações. Grupos específicos, com a moderação de professores, têm ganhado cada vez mais espaço.

Transformação da leitura em uma experiência multimídia: estimular a leitura, independentemente da plataforma na qual a informação está é uma das prerrogativas do professor.

Fontes online: cabe ao docente também, apresentar aos alunos fontes confiáveis, onde buscar informações com credibilidade e confiança.

Conheça a Minha Biblioteca

A Minha Biblioteca é uma biblioteca digital na qual a tecnologia na educação é usada em prol da educação no ensino superior.

Com milhares de títulos acadêmicos, a plataforma ajuda nos estudos e pesquisas disponibilizando todo o conteúdo em qualquer dispositivo móvel com acesso à internet. Basta ter a ferramenta para fazer a consulta.

A Minha Biblioteca oferece ainda diversas funcionalidades como busca por palavra-chave, realce de cor para marcação de trechos, marca página e muito mais.

Se a sua instituição de ensino ainda não tem o acervo digital da Minha Biblioteca, entre em contato conosco e conheça mais benefícios. 

Leave a comment

1 × 3 =