educação a distância no brasil

Educação a distância no Brasil: como as IES podem ser mais competitivas

O cenário da educação a distância no Brasil mostra que o setor tem muito a crescer nos próximos anos. De acordo com dados do Censo da Educação Superior, em 2018, o número de vagas ofertadas em EAD superou, pela primeira vez, as oportunidades em cursos presenciais.

No entanto, outro dado também chama a atenção: 70% das matrículas estão concentradas em apenas cinco grupos educacionais. Eis que surge o questionamento: como as demais instituições de ensino superior podem avançar neste contexto?

A resposta é simples: é preciso disponibilizar ensino de qualidade e ter um diferencial. Ou seja, os gestores e responsáveis pela instituição devem fazer algo que chame a atenção do aluno, além de oferecer condições para que o estudante ingresse no ensino a distância e conclua o curso.

A seguir, conheça a situação da educação a distância no Brasil e saiba como a sua instituição pode ser mais competitiva!

Cenário na educação a distância no Brasil 

O crescimento da educação a distância no Brasil pode ser explicado por alguns fatores recentes, como:

Marco regulatório – as alterações realizadas pelo novo marco regulatório do ensino superior permitiram que as instituições de ensino superior abrissem novos polos EAD, sem a necessidade de visita in loco do Ministério da Educação (MEC) para autorização de funcionamento.

Novos cursos – o leque de opções de cursos EAD foi ampliado. Áreas como Administração e Pedagogia eram a maioria na educação a distância no Brasil. Mas campos do conhecimento, como Tecnologias e Engenharias, começaram a ganhar espaço.

Flexibilidade de preços – a crise econômica brasileira e a redução do crédito estudantil impactaram a população apta para entrar em um curso presencial. Assim, a modalidade a distância pode atingir este público em busca de cursos com preços mais acessíveis.

Leia tambémConheça as boas práticas do ensino híbrido em instituições de ensino superior

Como atrair mais estudantes para os cursos de EAD?

Neste contexto de grande concorrência e expansão da educação a distância no Brasil, as instituições de ensino precisam se diferenciar. Logo, é necessário oferecer mais do que benefícios econômicos para os alunos.

A seguir, veja 5 passos que podem ajudar a criar diferenciais na sua instituição de ensino:

Marca forte – em geral, os alunos preferem uma instituição acadêmica local com marca forte ao invés de uma instituição com forte presença nacional, em função dos benefícios da proximidade. Logo, invista na visibilidade da sua marca na região onde sua instituição atua.

Infraestrutura – a convivência de um ambiente universitário – mesmo que usado com uma menor frequência do que um curso presencial – é um fator levado em consideração.

Docentes – investir em professores capacitados para que atuem como tutores das aulas é um grande diferencial no mercado. Ao contrário de outras instituições, ter um docente qualificado contribui para o engajamento dos alunos.

Metodologia – disponibilizar materiais para estudo em casa e desenvolver atividades relacionadas a este conteúdo em sala de aula são alguns caminhos a serem seguidos. Então, as instituições de educação a distância no Brasil precisam estar atentas a este aspecto.

Tecnologia – aliada da educação, a tecnologia favorece processos, otimiza a aprendizagem e aproxima pessoas. Atualmente, a realidade aumentada e a inteligência artificial já fazem parte do dia a dia das salas de aula. Com isso, é possível desenvolver diversas atividades no ambiente digital e integrá-las ao espaço físico.

Conheça a Minha Biblioteca

Os responsáveis pelas instituições de ensino devem também investir na biblioteca digital. Aliada da educação a distância no Brasil, a Minha Biblioteca é formada por um acervo com mais de 7 mil títulos acadêmicos e oferece diversas facilidades a alunos, professores e também à instituição.

Para os alunos, é possível contar com o material de apoio em qualquer hora e local, sem a necessidade de enfrentar filas. Sem contar que existem funcionalidades úteis para os estudos, como marcação de página, realce de cor, anotações e modo revisão.

Já os docentes podem disponibilizar conteúdos em tempo real aos estudantes e também contam com suporte para a elaboração de planos de aula.

Para a instituição, por sua vez, há a redução de custos com bibliotecas físicas e guarda de livros, além de melhorar a qualidade do ensino.

Se você ainda não conhece a Minha Biblioteca, entre em contato conosco e veja como aproveitar os benefícios da plataforma.

Baixe agora nosso eBook e saiba como montar um plano de aula do ensino superior atrelado às novas tecnologias!

Leave a comment

dezoito − quinze =