instituição de ensino superior

Como implementar um núcleo de EAD em sua instituição de ensino superior

Os dados mais recentes do Censo da Educação Superior mostram que, em 2018, o ensino a distância já oferece mais vagas do que a modalidade presencial. Neste cenário, a instituição de ensino superior que deseja implementar o EAD precisa ficar atenta a algumas regras específicas como a criação de núcleos.

Os núcleos de EAD são os responsáveis pelas decisões estratégicas do programa educacional. Isso engloba desde a abertura de novos cursos ou definição de planos para expansão até questões operacionais, como contratação de professores, preparação do material didático e suporte aos estudantes.

Neste texto, você saberá mais sobre os núcleos de EAD e como fazer para implementá-los na sua instituição de ensino superior.

Leia tambémConheça as principais competências em educação a distância

Cenário do ensino a distância no Brasil

Além do aumento nas oportunidades da modalidade EAD, o novo marco regulatório do ensino superior autorizou até 40% das disciplinas a distância para cursos presenciais.

O que pode ser considerado um fator importante para que a instituição de ensino superior opte por implementar um núcleo de EAD.

Estes aspectos aliados ao avanço da tecnologia, ao crescimento do acesso à internet e à maior flexibilidade proporcionada pelo EAD ajudaram a impulsionar a educação a distância.

Como funcionam os núcleos de EAD?

O núcleo de EAD pode ser considerado o centro nervoso da educação a distância na instituição de ensino superior. Ele é o responsável por concentrar todas as atividades da operação que vão desde as centrais de atendimento, passando pelo suporte tecnológico até o departamento financeiro.

Vale salientar que o núcleo de EAD é um órgão de apoio acadêmico, administrativo e tecnológico para o desenvolvimento das atividades da modalidade.

Neste sentido, a equipe que compõe o núcleo deve ser multidisciplinar e capaz de desenvolver uma série de tarefas, como:

  • Produzir conteúdo;
  • Capacitar professores;
  • Treinar os alunos;
  • Aprimorar as metodologias;
  • Customizar o ambiente de aprendizagem para facilitar a relação entre alunos e professores.

Leia também: Educação a distância no Brasil: como as IES podem ser mais competitivas

Como adotar o núcleo de EAD na instituição de ensino superior?

Para implementar o núcleo de EAD na instituição de ensino superior, é preciso seguir algumas recomendações. Veja:

Documentação – o primeiro passo é incluir o ensino a distância nos documentos institucionais de planejamento plurianual e anual, como o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e o Projeto Pedagógico Institucional (PPI).

Planejamento – com a inclusão da modalidade na IES, a próxima fase é o planejamento dos cursos com mais detalhes, especificando os objetivos, as disciplinas e os indicadores de desempenho. Além disso, é importante desenvolver o modelo de negócio para ofertar o EAD.

Gestão – Por fim, é necessário contratar um bom profissional de gestão educacional para que ele possa gerir este modelo de ensino de forma sustentável.

Outro aspecto fundamental para o sucesso da modalidade EAD é a capacidade de comunicação da instituição de ensino superior. Como os alunos, muitas vezes estão longe do núcleo, cabe à instituição proporcionar o melhor atendimento possível para solucionar qualquer tipo de problema.

Bibliotecas virtuais como aliadas da EAD

Com as mudanças na regulação da educação a distância, a biblioteca online ganhou ainda mais importância. Afinal, disponibiliza um grande acervo, com livros de qualidade e com funcionalidades que promovem uma maior participação entre os alunos, professores e demais integrantes dos núcleos de EAD.

Neste sentido, as plataformas de bibliotecas virtuais já são realidade em grande parte das instituições de ensino superior.

Práticas e acessíveis, as ferramentas facilitam os estudos e também são essenciais para melhorar a avaliação da instituição perante o Ministério da Educação (MEC).

Para saber mais detalhes de como o MEC avalia a implementação da biblioteca digital nas instituições de ensino, baixe nosso material!

Conheça a Minha Biblioteca

Com mais de 7 mil títulos acadêmicos em seu acervo digital, a Minha Biblioteca oferece um amplo catálogo multidisciplinar com conteúdo atualizado e dos principais autores.

As diversas funcionalidades da plataforma ajudam desde os alunos nos estudos, pesquisas e trabalhos acadêmicos até os professores na hora de elaborar um plano de aula.

Confira os principais recursos:

  • Disponibilidade em tempo integral a partir de qualquer dispositivo conectado;
  • Busca por palavra-chave;
  • Marcador de página;
  • Anotação;
  • Realce de cor;
  • Modo revisão;
  • E muito mais!

Se a sua instituição de ensino superior ainda não conta com a Minha Biblioteca, entre em contato agora e solicite um trial.

Baixe agora nosso eBook e saiba como montar um plano de aula do ensino superior atrelado às novas tecnologias!

Leave a comment

9 − cinco =