como fazer um plano de aula

6 dicas de como fazer um plano de aula eficiente

Como fazer um plano de aula eficiente e completo? Esta é a pergunta frequente de quase todos os professores, independentemente do nível educacional.

O plano de aula é de suma importância para o trabalho do docente, pois não saber o que abordar em sala pode complicar o processo de aprendizagem, prejudicando tanto os alunos quanto os próprios professores.

O plano de aula é um documento no qual estão registrados os assuntos que serão tratados em sala e serve como uma espécie de guia do conteúdo a ser trabalhado. Importante tanto para os encontros presenciais, quanto para as aulas a distância. Na modalidade EAD, o plano de aula funciona como um roteiro do conteúdo apresentado.

A construção de um plano de aula bem elaborado contribui para engajar os alunos e fortalece o vínculo entre estudantes e professores, além de ajudar a diminuir a evasão no ensino superior.

Como fazer um plano de aula: dicas práticas

O plano de aula precisa ter uma clareza e organização da matéria que será ensinada, além de reunir os conhecimentos teóricos e práticos da disciplina.

Ao planejar uma aula, o professor deve analisar os conteúdos de forma que o conhecimento seja transmitido de maneira simples e prática.

Outra dica importante é que o plano de aula é feito especificamente para cada encontro, ou seja, a matéria pode até ser semelhante, mas o contexto altera todo o planejamento realizado pelo professor.

Veja 6 dicas de como fazer um plano de aula

A seguir, separamos 6 dicas úteis de como fazer um plano de aula que reúna conhecimentos teóricos com práticas inovadoras.

1) Conheça os alunos: o primeiro passo antes de como fazer um plano de aula é refletir sobre a turma. Conhecer quem é o público e quais os saberes que eles têm ajuda a definir o propósito da aula. Ao fim, uma forma de mensurar se o plano de aula foi bem elaborado é entender o quanto do conteúdo foi absorvido pelos alunos.

2) Conteúdo: este é o momento de descrever aquilo que você, enquanto professor, quer que o aluno aprenda. De forma clara e objetiva, aponte os tópicos que os estudantes terão contato naquela determinada aula.

3) Estratégia: agora é a vez de definir quais as metodologias a serem adotadas para alcançar os objetivos traçados no início do plano de aula.

4) Material: o plano de aula deve conter qual o material será utilizado em sala. Livros, materiais de papelaria e imagens são recursos usados durante a exposição das aulas que ajudam a manter a atenção dos alunos.

5) Avaliação: determinar qual o método de avaliação é a melhor maneira de verificar se o conteúdo foi aprendido. As avaliações buscam acompanhar a evolução dos alunos de acordo com critérios pré-estabelecidos pelos professores.

6) Tecnologia: o uso de recursos tecnológicos ajuda o professor com diversas ferramentas para atrair a atenção dos alunos e otimizar o processo de aprendizado com o uso de meios inovadores. Além do professor ter acesso a milhares de livros para fazer o planejamento e discutir diversos assuntos em sala de aula com dispositivos móveis.

Conheça a Minha Biblioteca

A Minha Biblioteca é uma biblioteca digital que disponibiliza diversas obras de autores renomados e com credibilidade. A plataforma é um importante instrumento que facilita o acesso à informação e oferece funcionalidades práticas que vão desde a busca por palavras-chave até o realce de cor em trechos determinados.

Se a sua instituição de ensino ainda não conta com a Minha Biblioteca, entre em contato e veja como a plataforma pode ser útil na hora de como fazer um plano de aula.

Baixe agora nosso eBook e saiba como montar um plano de aula do ensino superior atrelado às novas tecnologias!

Leave a comment

nove − três =