Blog

A importância das bibliotecas na era digital

Em nosso último artigo tratamos sobre o uso das tecnologias da informação pelas bibliotecas, hoje, queremos ir adiante na discussão e falar sobre a importância desses locais em um momento com tantas transformações, principalmente relacionadas à informação e à tecnologia, a chamada era digital ou era da informação.

Mesmo com a chegada de tecnologias e novas opções, as reduções das verbas, a perda de protagonismo do livro para as mídias digitais e mecanismos de buscas e, em muitos casos, o declínio no número de visitantes, as bibliotecas continuam desempenhando um papel importante na disseminação do conhecimento e da informação. Mesmo com esse cenário pouco animador, muitas bibliotecas estão se reinventando e atraindo antigos e novos visitantes, além de, em muitos casos, tornando-se centro de referência sociocultural em suas cidades.

Fatores que reforçam a importância das bibliotecas

Além de se manterem como umas das principais fontes de informação, alguns fatores que vieram à tona com a era digital reforçam ainda mais a importância das bibliotecas na atualidade. A seguir citamos três fatos que justificam a permanência das bibliotecas nos dias de hoje:

– Os usuários continuam necessitando das bibliotecas: por mais que os preços dos livros tenham caído e as versões digitais tenham angariado parte do mercado, nem sempre os usuários conseguirão comprar todos os livros e conteúdos que necessitam, logo, continuarão precisando das bibliotecas da mesma forma.

– A dificuldade dos usuários em utilizar a tecnologia: por mais corriqueiro que possa parecer, nem todos têm a facilidade em manusear os meios eletrônicos onde podem ser encontradas informações e as mais diversas publicações. Por isso, as bibliotecas continuarão sendo um dos principais locais de pesquisa, onde os usuários poderão encontrar a orientação precisa e segura dos bibliotecários.

– As bibliotecas continuam atendendo as necessidades dos usuários: um dos pontos cruciais para que qualquer tipo de estabelecimento mantenha-se aberto, é atender as necessidades básicas dos usuários que os procuram. Nesse quesito, as bibliotecas continuam alcançando seu objetivo, visto que têm se esforçado para atendê-los de forma mais eficiente, disponibilizando ferramentas que possam facilitar e otimizar o tempo que os usuários dispõem para estar nestes locais, bem como oferecem tecnologias que necessitam de menor esforço para que o acervo seja consultado e as informações sejam localizadas de forma mais rápida. As publicações digitais são exemplo disso, pois facilitam e dão agilidade a todo o processo de pesquisa dos usuários.

Mesmo com esses fatos e com a reputação de que as bibliotecas irão continuar sendo vistas como centrais de conhecimento, já existem novos modelos que oferecem experiências únicas e inovadoras aos seus visitantes e usuários. A extensão do acervo digital, a criação de programas de identificação e a digitalização de acervos e plataformas de visualização de objetos e publicações, bem como a criação de um espaço colaborativo para pesquisadores devem tornar-se realidade no mundo da biblioteconomia atual.

Qual a sua opinião em relação a este tema? Você concorda que as bibliotecas irão continuar sendo vistas como centrais de conhecimento? Quais os ajustes você acha que serão necessários que as bibliotecas continuem atraindo o interesse dos usuários? Queremos saber a sua opinião, faça seu comentário.

Se quiser receber nossos conteúdos, o próximo artigo irá abordar as vantagens das publicações eletrônicas, assine a nossa newsletter e não perca as novidades!