ensino superior no Brasil

Ensino superior no Brasil: como funciona a carga horária EAD

Já está em vigor uma nova regra que vai impactar diretamente o ensino superior no Brasil, principalmente a partir de 2020.

Portaria 2.117/2019 foi publicada no dia 11 de dezembro de 2019 e autoriza as instituições de ensino superior a ampliar para 40% a carga horária de educação a distância (EAD) em cursos presenciais de graduação.

As regras anteriores previam carga horária de até 20% para as disciplinas online em cursos presenciais. Agora, todas as áreas, com exceção de Medicina, poderão oferecer até 2 dias de aulas via internet para os alunos.

Quais as regras a serem seguidas?

Para ampliar a carga horária da educação a distância do ensino superior no Brasil, a instituição deve passar por avaliação in loco do Ministério da Educação e precisa alcançar conceito igual ou superior a 3 nos seguintes indicadores relacionados à EAD:

  • Metodologia;
  • Atividades de tutoria;
  • Ambiente virtual de aprendizagem – AVA;
  • Tecnologias de informação e comunicação – TIC.

As mudanças precisam ser informadas aos alunos e candidatos que ingressarem nos futuros cursos de maneira clara e objetiva.

Além disso, é preciso mostrar como serão as alterações nos conteúdos, nas disciplinas, nas metodologias e nas formas de avaliação.

Não será permitida a alteração durante o semestre letivo. Por isso, a expectativa é que a portaria passe a fazer efeito no segundo semestre de 2020.

Leia também: Entenda a importância da regulação da EAD no contexto da biblioteca digital

Ensino superior no Brasil: o ensino híbrido

Com esta nova portaria, o ensino superior no Brasil caminha para o fortalecimento de uma nova modalidade na educação: o ensino híbrido.

Na teoria, existem apenas duas modalidades de ensino no Brasil: presencial e a distância. Mas, na prática, o ensino híbrido já faz parte do dia a dia de algumas instituições.

Uma das principais tendências no século 21, o ensino híbrido combina o que há de melhor na educação presencial com as alternativas da educação online.

Ao unir o que há de positivo nas duas modalidades, o ensino híbrido caminha para oferecer a praticidade das atividades online com o fortalecimento da relação entre alunos, professores e colegas em sala de aula.

Tecnologia como aliada do ensino superior no Brasil

Diante deste contexto de novidades e com a ampliação da carga horária da educação a distância no ensino superior, ferramentas como as bibliotecas digitais despontam como fundamentais para alunos e professores.

biblioteca online disponibiliza o conteúdo em tempo real para que o estudante possa consultá-lo e ainda faça anotações para auxiliar na hora do estudo.

A plataforma ajuda a unir o conhecimento adquirido em sala com o conteúdo visto nas aulas a distância.

Conheça a Minha Biblioteca

Com mais de 7 mil títulos acadêmicos, a Minha Biblioteca é uma plataforma digital que oferece diversas funcionalidades.

Entre elas, há a opção de fazer marcações de páginas, anotações e realçar com cores o trecho lido. Além disso, também é possível realizar a pesquisa por palavra-chave, importante para quem está estudando, fazendo artigos e trabalhos acadêmicos ou em busca de referências.

Se a sua instituição de ensino ainda não conta com a Minha Biblioteca, entre em contato e veja como a plataforma pode ajudar a fortalecer o ensino superior no Brasil.

Leave a comment

dois × 1 =