Educação de jovens e adultos na Era Digital

Educação de jovens e adultos: como incentivar o pensamento crítico

Atualmente, um dos maiores desafios enfrentados pelos professores na educação de jovens e adultos é combater a desinformação. No início da internet, o intenso fluxo de informações era visto como positivo, pois facilitou o acesso aos conteúdos. Mas, hoje, há excesso de informação na rede e com pouca qualidade.

Neste contexto, cabe ao professor criar condições para despertar a consciência crítica dos alunos. Dessa forma, os estudantes poderão distinguir as informações que são apresentadas nos diversos meios de comunicação, principalmente nas redes sociais.

Vale lembrar que a busca pelo pensamento crítico é de cada um. No entanto, os docentes têm o papel de orientar de que forma cada estudante pode criar o seu modo de ver o mundo.

Leia tambémEducação do futuro: entenda as novas metodologias do ensino superior

Baixe agora nosso infográfico e saiba como reduzir custos com a biblioteca digital!

5 dicas para estimular o pensamento crítico

Para incentivar a capacidade crítica e proporcionar a educação de jovens e adultos de qualidade, os professores podem adotar diversas medidas. Veja cinco formas de estimular os estudantes a desenvolver o senso crítico e evitar a desinformação:

1) Questione o tempo todo

A educação de jovens e adultos depende da capacidade do professor de levantar questões interessantes no momento oportuno.

Cada docente tem uma maneira de ajudar a construir um pensamento crítico ao propor perguntas instigantes.

2) Proponha temas polêmicos

Com orientação, é possível promover debates que levem a opiniões e posicionamentos discordantes.

Estes exercícios ajudam na formação da argumentação e auxiliam os alunos no desenvolvimento de suas ideias.

3) Embase os argumentos

Use referências como livros, filmes, letras de música, vídeos da internet e materiais de pesquisa para embasar os debates.

Com planejamento de aula adequado, os professores conseguem traçar estratégias para sala de aula, sugerindo textos e outros materiais para os alunos. O que ajuda a disseminar o conhecimento e fundamentar o raciocínio.

4) Mantenha o foco na discussão

A capacidade de manter o foco precisa ser estimulada. Por isso, o docente deve definir o escopo do debate e direcionar a conversa, impedindo fugas ao tema proposto.

Vale lembrar que, na educação de jovens e adultos, é comum ter dispersão, ainda mais com as distrações tecnológicas atuais.

Leia também7 ferramentas para professores que atuam em IES

5) Ajude na construção da autocrítica

A autocrítica é fundamental para a construção do pensamento crítico. Ao se analisar, o aluno avalia o próprio discurso e percebe quando há eventuais equívocos tanto na informação recebida, quanto nos argumentos usados.

Com isso, é possível reavaliar posturas e mudar de opinião. Logo, com o desencorajamento de ideias fixas, evita-se um pensamento tendencioso e sem abertura.

Tecnologia como aliada da educação de jovens e adultos

Responsável pelo fluxo exorbitante de informações no mundo atual e a consequente desinformação, a tecnologia também pode ser encarada como uma aliada na sala de aula.

Até porque inúmeras ferramentas surgiram nos últimos anos e têm ajudado a democratizar a educação de jovens e adultos. Neste cenário, vale destacar as bibliotecas digitais.

As plataformas facilitam o acesso à informação e disponibilizam conteúdo confiáveis a qualquer hora e em qualquer lugar. Basta ter um dispositivo com acesso à internet.

Você conhece a Minha Biblioteca?

Com mais de 7 mil títulos acadêmicos, a Minha Biblioteca é uma ferramenta de extrema importância para a educação de jovens e adultos e as instituições de ensino.

O acervo disponível para alunos e professores ajuda na construção do pensamento crítico, pois a leitura é um dos caminhos para apresentar pontos de vista de diferentes ângulos.

Ao incentivar a pesquisa, a plataforma contribui para que os alunos busquem as fontes originais do conhecimento. Assim, eles serão capazes de distinguir entre a realidade e a desinformação.

Com inúmeros benefícios para professores e alunos, como busca rápida, anotações, realces e marcadores de página, a Minha Biblioteca é a plataforma ideal para quem busca praticidade.

Não perca tempo e conheça agora mesmo as funções disponíveis. Acesse nosso site e solicite um trial.

Baixe agora nosso eBook e saiba como montar um plano de aula do ensino superior atrelado às novas tecnologias!

Leave a comment

dois + três =