Blog

Competencias socioemocionais dos universitários do século XXI

Habilidades do século 21: entenda as competências socioemocionais dos universitários

Tradicionalmente, o que referenciava a qualidade de uma instituição de ensino eram professores gabaritados e infraestrutura de ponta. Contudo, essa realidade mudou. Hoje, a excelência na educação está associada a aspectos mais subjetivos, as chamadas competências socioemocionais.

Capacidade de trabalho em equipe, resiliência, tato social, comunicação desenvolta e criatividade são algumas das premissas dessas competências. A importância dessas habilidades é tão grande que, a partir de 2020, eles se tornarão obrigatórias na Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Quer saber quais são as principais competências socioemocionais dos universitários do século XXI e descobrir como desenvolvê-las na sua instituição? Continue acompanhando!

Sua instituição de ensino precisa de uma biblioteca digital? Solicite nossa proposta comercial!

Entenda a importância das competências socioemocionais

Um estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) concluiu que os estudantes expostos a um método de ensino que abrange o desenvolvimento competências socioemocionais apresentam um desempenho acadêmico e mercadológico melhor e são mais autocontrolados.

A tendência tem conquistado uma força tão grande que o IBMEC São Paulo anunciou que, em seu próximo vestibular, 30% da nota será dada pelo desempenho em uma dinâmica de grupo. Na prova, os alunos deverão apresentar soluções reais para problemas levantados.

A proposta é se aproximar das técnicas de mercado para seleção de colaboradores.

Quais são as principais competências socioemocionais?

Se levarmos em consideração a inteligência socioemocional como um conjunto de habilidades socioemocionais, é possível representá-las em três grandes pilares:

  1. Emocionais

As habilidades emocionais caracterizam-se em como o indivíduo consegue lidar com as próprias emoções durante o seu dia a dia. Como por exemplo: aprender a lidar com frustrações, evoluir com os erros, criar um senso de autoavaliação e principalmente desenvolver autoconfiança, entre outros aspectos importantes.

  1. Sociais

Já as habilidades sociais são responsáveis por como o indivíduo se relaciona com o mundo externo e todas as pessoas ao seu redor e que convive diretamente. São responsáveis pela capacidade de saber trabalhar em conjunto, lidar bem com as regras, conseguir se comunicar e saber lidar com possíveis conflitos.

Nas habilidades sociais estão incluídas, ainda, a capacidade interpretativa, de questionamento e de desempenho na exposição de conteúdos em diferentes formatos. Alguns exemplos são: gráficos, planilhas, tabelas, simulações e representações numéricas.

  1. Éticas

Por fim, as habilidades relacionadas à ética, caracteriza-se em como o indivíduo reage positivamente para alcançar um bem comum. Nesse aspecto desenvolve-se o respeito, tolerância, entre outras qualidades fundamentais nessa área.

Entender essa estrutura é fundamental para uma análise mais clara sobre quais pontos precisam ser desenvolvidos e de que forma eles se influenciam entre si.

Leia também: Captação de alunos – como atrair estudantes de graduação dos mais variados perfis

Vale lembrar que é comum que uma característica se destaque mais do que a outra. O indivíduo que apresenta melhores resultados na comunicação, conseguindo se expressar com clareza, mas não apresenta habilidades éticas, pode resultar em uma conversação tendenciosa e manipuladora.

O desenvolvimento das competências socioemocionais deve ser constante em uma instituição de ensino. Para tanto, o educador deve focar no desenvolvimento individual de cada aluno ao mesmo passo em que estimula a capacidade de trabalho em equipe e os valores éticos necessários para a vida em sociedade e no mercado de trabalho.

Minha Biblioteca, plataforma que disponibiliza um vasto acervo digital de livros acadêmicos, auxilia no desenvolvimento deste processo e aumenta ainda mais a satisfação dos alunos da sua instituição de ensino superior. Afinal, a plataforma permite o acesso rápido a milhares de títulos, além de possuir ferramentas que facilitam a busca de informações e a leitura de livros técnicos – tudo isso em qualquer hora e lugar por meio de computadores, tablets e smartphones. Quer saber mais novidades sobre educação? Acesse nosso site e saiba mais!

Chegou a hora de testar a Minha Biblioteca na prática. Solicite seu trial!