Blog

Novas tecnologias auxiliam no processo de aprendizagem

Você já parou para pensar como seria a vida se a tecnologia não existisse? Agora tente imaginar no seu dia a dia alguma atividade que você exerça e que não exija o auxílio, mesmo que mínimo, de alguma ferramenta digital. Difícil, não é? Celulares, laptops, smartphones, tablets e uma infinidade de outros aparelhos têm gerado uma verdadeira revolução na rotina de muitas pessoas. E a educação também tem acompanhado todo o processo de evolução e vem adaptando a tecnologia no processo de aprendizagem.

Computadores e internet vêm a cada dia adentrando as salas de aula e possibilitando o acesso de alunos e professores às novas ferramentas digitais, oportunizando o desenvolvimento cognitivo e auxiliando na transmissão e assimilação de conhecimentos. O acesso à internet vem revolucionando os métodos de pesquisa, mas é preciso avaliar adequadamente o tipo de informação na perspectiva de auxiliar a construção do conhecimento. Acompanhe o post e saiba a importância em seguir a tendência tecnológica nas instituições de ensino.

Vantagens da tecnologia no processo de aprendizagem

As escolas precisam renovar-se constantemente e ir além dos métodos de aprendizagem tradicional. Incentivar práticas e ideias inovadoras e utilizar novos dispositivos como smartphones e tablets tornam-se uma grande vantagem para auxiliar alunos na aquisição de novos saberes, uma vez que eles já estão nas mãos das crianças e adolescentes em sala de aula.

É preciso quebrar velhos paradigmas educacionais que se tornam incompatíveis com alunos atuais e suas necessidades de aprendizagem. Apesar de muitas crianças e adolescentes, em muitos casos professores, ainda não terem acesso à tecnologia e internet em casa, muitas escolas possuem salas informatizadas que auxiliam os chamados “excluídos digitais” a utilizarem computadores, promovendo a inclusão digital e a construção do conhecimento.

Os novos meios de comunicação possibilitam o compartilhamento em rede e a integração de conhecimento em grupo, superando limites físicos e de espaço, oportunizando que conteúdos e informações sejam acessados em tempo real. É preciso entender que escola/aluno/educador  pertencem ao mundo digital e que este é parte integrante da sociedade – e que a nova geração faz parte deste novo contexto. A tecnologia desperta o interesse e aproxima os conteúdos do universo digital em que jovens e crianças estão inseridos.

Aprendendo além da sala de aula

A integração da tecnologia na sala de aula só tem sentido se realmente melhorar a qualidade do ensino. Caso elas sejam propostas por si só (computador como mera máquina de fornecer informação), a finalidade do uso de dispositivos digitais na educação passa a ser mascarada. O aproveitamento otimizado de novas tecnologias implica em mudanças internas, tanto no ambiente escolar quanto na forma de ensinar e aprender. Ou seja, o uso da tecnologia no ensino pode ser ainda mais eficaz se novos modelos pedagógicos diferenciados forem propostos, devendo que práticas pedagógicas sejam reformuladas de forma construtiva.

Estimular a leitura de conteúdos, como livros, textos e outros materiais através de dispositivos móveis (tablets, smartphones, celulares) pode ser uma excelente oportunidade de proposta no ensino. A internet disponibiliza dezenas de materiais gratuitos e que podem integrar o ensino de muitas disciplinas. Mas antes de lançar novas práticas pedagógicas ao ensino é essencial a capacitação dos educadores na aderência a novos métodos de ensino.

Gostou do texto? Sua percepção de integrar tecnologia no ensino mudou depois da leitura? Compartilhe conosco sua opinião!