Blog

machine learning

Machine learning na educação: saiba mais sobre essa tecnologia

A tecnologia já trouxe diversos avanços para a área da educação ao longo dos últimos anos, sendo hoje possível ter acesso a cursos e materiais ricos em qualquer lugar do mundo apenas pela tela de um computador ou até mesmo smartphone. Porém, as revoluções não param por aí: o machine learning e a inteligência artificial mostram que são tendências que vieram para ficar e ajudar a forma com que lidamos com a educação.

Quer entender melhor o que é machine learning e como essa tecnologia pode atuar na educação? Confira este texto!

O que é machine learning?

O machine learning ou “aprendizado de máquina”, em português, se trata de uma tecnologia que utiliza inteligência artificial como base e algoritmos que aprendem interativamente por meio de dados coletados em suas interações.

Ou seja, com o uso do machine learning, nós ensinamos a máquina a aprender as coisas e, assim, realizar determinadas tarefas sozinha.

Como essa tecnologia pode ser utilizada no setor da educação?

A tecnologia do machine learning e da inteligência artificial podem ajudar muito no processo de democratização da educação, já que seus sistemas podem ser acessados e alimentados por pessoas do mundo todo.

Além disso, o machine learning pode ser utilizado por professores e estudantes em diversas atividades, contribuindo com o desenvolvimento e a potencialidade cognitiva dos alunos.

Confira abaixo alguns exemplos práticos das possibilidades de uso do machine learning no setor da educação!

Análise de redações e feedbacks

A tecnologia do machine learning também pode ser usada para analisar redações e traçar o caminho de sucesso para que os estudantes escrevam melhor, auxiliando no trabalho de professores e instrutores.

A vantagem desse sistema é que o acesso à educação seria mais abrangente e em larga escala, além de o aluno poder obter feedbacks imediatos, que o ajudarão a entender seus erros e continuar trabalhando para corrigi-los no mesmo momento, aumentando a sua produtividade.

Baixe nosso whitepaper e saiba como o MEC avalia a implementação de biblioteca digital nas instituições de ensino.

Avaliação do interesse do aluno pelo curso

Com a aplicação do machine learning nas ferramentas de EAD, também pode-se conseguir avaliar o interesse do aluno pelo aprendizado e prever se ele pretende abandonar um determinado curso, por exemplo.

Isso é possível com as análises realizadas pelo sistema com relação à frequência de acessos e tempo de permanência do aluno no ambiente de aula virtual.

Esse tipo de estratégia dá aos professores do curso a possibilidade de reverter a situação, conversando com o aluno e entendendo o que pode ser feito para melhorar a sua interação com as atividades ou lidar com suas dificuldades.

Personalização do conteúdo

A inteligência artificial e o machine learning também podem ser utilizadas nos sistemas de e-learning, trabalhando em diversas partes do processo, inclusive na personalização do conteúdo.

Isso porque os algoritmos de machine learning conseguem identificar os tipos de atividades que cada aluno demonstra mais interesse e mais habilidade, de acordo com seu histórico de uso da plataforma, unindo isso ao objetivo de ensino do curso, o que proporciona um aprendizado mais personalizado e, portanto, mais efetivo.

Falando em personalização, a Minha Biblioteca oferece diversas ferramentas para facilitar os estudos, como: realces nos textos com opções de cores, anotações nos livros, marcações de páginas, busca dinâmica, entre outros. Saiba mais em nosso site.

Estamos sempre ligados às novidades do mercado da educação e biblioteconomia, para oferecer um conteúdo de qualidade a quem nos segue. Caso precise de uma biblioteca digital para sua instituição de ensino, entre em contato conosco!

Chegou a hora de testar a Minha Biblioteca na prática. Solicite seu trial!