Blog

5 estratégias para reduzir a evasão no ensino superior

5 estratégias para reduzir a evasão no ensino superior

evasão no ensino superior é um dos fenômenos mais temidos pelos gestores das instituições brasileiras, pois além da grande redução na quantidade de matrículas, a maioria dos estudantes não conclui o curso de graduação. Essa interrupção no ciclo de estudo gera prejuízos significativos sob o aspecto social, econômico e humano, independente de qual seja o nível de educação.

Quais são as principais causas da evasão no ensino superior?

A evasão no ensino superior é considerada um problema extremamente complexo, resultante de uma conjunção de diversos fatores que pesam na decisão do estudante de permanecer ou não no curso. Entre as principais causas, estão:

Falta de uma formação de qualidade no ensino médio: devido à má a qualidade da educação básica no Brasil, a maioria dos alunos não está preparada para encarar um curso superior. De acordo com o Censo Escolar de 2015, 46,2% dos 494.824 docentes dos últimos anos do ensino médio não têm formação na totalidade das disciplinas que ensinam. O atraso é tão sério que 32% dos professores do nível médio não possuem formação em qualquer disciplina que lecionam.

Desmotivação: um dos grandes motivos da evasão no ensino superior é que o estudante muitas vezes não possui os conhecimentos básicos necessários a cada curso de graduação. Sendo assim, ele não consegue acompanhar as disciplinas, é reprovado e, consequentemente, se sente desmotivado a prosseguir no curso.

Falta de orientação vocacional: a falta de orientação vocacional é muito sentida pelos alunos que desistiram da graduação ou mudaram de curso. Muitos se justificam por ter que fazer a opção profissional ainda jovens, momento que não sabem qual carreira pretendem seguir. Além disso, esses estudantes jovens muitas vezes cedem à vontade e sugestão de seus pais e buscam mais a realização dos sonhos alheios do que os próprios.

Dificuldade de conciliar horários com o trabalho: a dificuldade de conciliar os estudos com o trabalho tem apresentado um crescimento significativo, já que a incompatibilidade de horários impossibilita que os alunos consigam fazer as duas coisas ao mesmo tempo. Porém, a necessidade de trabalhar e ganhar dinheiro é mais forte do que a vontade de concluir a faculdade, o que leva o estudante a desistir do curso.

Problemas financeiros: os problemas financeiros também têm uma boa influência na evasão das instituições de ensino. Além do preço alto das mensalidades em faculdades privadas, cujo salário chega a ser menor, a luta pelo sustento da família e custear os estudos são outros dois agravantes super importantes que não podem ser deixados de lado, pois levam muitos a trancar a matrícula.

Dicas para diminuir a evasão no ensino superior

Enquanto há instituições que se conformam com a alta taxa de evasão e simplesmente aumentam agressivamente os gastos com marketing, outras investem em estratégias simples que ajudam a evitar as desistências. Confira abaixo!

Investir em uma boa infraestrutura

Investir em uma boa infraestrutura é o primeiro passo para atrair mais alunos e evitar a evasão no ensino superior. Dessa forma, melhorar ambientes de sala de aula, laboratórios e bibliotecas é fundamental para tornar o dia a dia na instituição mais agradável aos alunos.

Além disso, o investimento em tecnologia também deve ser realizado e apostar em soluções como uma biblioteca virtual pode ser uma ótima alternativa, já que uma plataforma com acervo digital beneficia a bibliografia básica e ajuda a complementar os estudos de forma prática, rápida e fácil.

Baixe nosso whitepaper e saiba como o MEC avalia a implementação de biblioteca digital nas instituições de ensino.

Apostar em um corpo docente de qualidade

Apostar em um corpo docente de qualidade é outra estratégia excelente. Para isso, devem ser oferecidos treinamentos para os professores, principalmente dos primeiros anos, e também criar programas de palestras e seminários, que ajudarão os profissionais no aconselhamento e orientação aos estudantes.

Realizar atividades extra classe

As atividades extra classe são um verdadeiro complemento de aprendizagem que podem influenciar bastante na decisão do estudante em permanecer ou não na universidade. Assim, as ações que exploram ambientes externos despertam a criatividade, além de estimularem a busca pelo conhecimento, o que ajuda a deixar o aluno mais motivado.

Estimular o desempenho acadêmico dos alunos

Os estudantes estão chegando ao ensino superior com diversas deficiências em disciplinas básicas, como Língua Portuguesa e Matemática. Para resolver o problema, é necessário oferecer cursos de nivelamento, monitoria, tutoria e videoaulas, que podem mudar o destino de um aluno que está prestes a evadir.

Fazer boas ofertas de financiamento

Todo mundo sabe que arcar com os custos de mensalidades, materiais e transportes pode sair bastante caro e que isso representa uma das principais causas de evasão no ensino superior. Portanto, a universidade deve entender o contexto de cada aluno para depois realizar ofertas de financiamento, bolsas e descontos.

Você tem dúvidas ou sugestões sobre o assunto? Entre em contato conosco ou deixe seu comentário!

Baixe agora nosso infográfico e saiba como reduzir custos com a biblioteca digital!