Dicas de vídeo para usar em sala de aula

 

Uma boa maneira de sair da rotina e fazer uma aula um pouco diferente é usar materiais audiovisuais. Eles podem ser bons instrumentos para introduzir conteúdos e despertar o interesse dos alunos. A dica de hoje é um repositório com 560 curtas brasileiros que podem ser usados gratuitamente.

Desenvolvido para educadores, o projeto Curta na Escola tem como objetivo incentivar o uso desse tipo de produção nas escolas. No site, você pode fazer uma busca avançada, escolhendo disciplina, etapa de ensino, faixa etária e os temas transversais que gostaria de abordar.

É possível também se cadastrar no site para compartilhar sua experiência e criar uma lista com seus curtas favoritos. E mais: há diversos relatos e planos de aula de educadores que utilizaram os vídeos em suas aulas.

Confira quais são os 3 curtas mais vistos:

 1. Ilha das Flores, de Jorge Furtado. 1989, 13 min.

Sinopse oficial: Um ácido e divertido retrato da mecânica da sociedade de consumo. O curta acompanha a trajetória de um simples tomate, desde a plantação até ser jogado fora, a fim de escancarar o processo de geração de riqueza e as desigualdades que surgem no meio do caminho.
Assista aqui!

2. A Invenção da Infância, de Liliana Sulzbach. 2000, 26 min.

Sinopse oficial: Ser criança não significa ter infância. Uma reflexão sobre o que é ser criança no mundo contemporâneo.
Assista aqui!

 3. Maré Capoeira, de Paola Barreto. 2005, 14 min

Sinopse oficial: Maré é o apelido de João, um menino de dez anos que sonha ser mestre de capoeira como seu pai e dar continuidade a uma tradição familiar que atravessa várias gerações. Um filme de amor e guerra.
Assista aqui!

Fonte: Revista Escola

Leave a comment

vinte + 18 =